Os 7 passos essenciais para iniciar os estudos de qualquer língua

Os 7 passos essenciais para iniciar os estudos de qualquer língua

Como você já sabe, aprender um idioma não é nada fácil. Mesmo já tendo um pouco de conhecimento ou contato freqüente com a língua, sempre aparece algo novo: uma expressão, um tópico gramatical ou ainda palavras que jamais tinha visto antes e que geralmente causam grande confusão.



A boa notícia, aliás, as boas notícias são que:


1- Você não está sozinho(a) neste barco. Assim como você, muitos tem dificuldades MASTER para aprender e desenvolver um idioma.


2- Há formas de estudo que podem proporcionar um estudo mais prazeroso e tranqüilo. Para isso, basta um pouco de paciência e dedicação.


O objetivo deste artigo é justamente listar as 7 formas eficientes, testadas e aprovadas, para o aprendizado de uma nova língua. Seja Inglês, Alemão, Francês ou até mesmo Japonês. Use estas técnicas e certamente conseguirá mais progresso e, claro, melhor entendimento.


Vamos aos 7 passos essenciais para iniciar os estudos de forma correta e prazerosa


1º passo – Comece pelo começo.


Sim, pode parecer óbvio, mas um erro que muitos alunos cometem é querer, já nas primeiras semanas de estudo, assistir um filme, ouvir uma música e já sair cantando e entendendo como um nativo. Ou melhor, discutindo a relação com o George Clooney, por exemplo. Parece exagero, mas não é.


O brasileiro, em geral, tem uma tendência muito forte a querer ser perfeccionista, e de forma muito rápida.


Calma. As coisas acontecem aos poucos, em doses "homeopáticas".


2º passo – Antes de iniciar qualquer sessão de estudo, RELAXE.


Relaxar parece impossível antes de estudar, mas é importante sim. Sugiro fechar os olhos e ouvir uma canção bem calma durante alguns minutos, 2 ou 3 no máximo.


Isso fará com que suas ondas cerebrais entrem em “estado alfa”, o que o deixará mais tranqüilo, livre de pensamentos que podem ser prejudiciais ao aprendizado, como por exemplo: a conta que vai vencer e precisa ser paga mas a grana está curta, a discussão com a esposa, o vizinho chato, entre outros.


Faça isso antes de qualquer sessão de estudo e sinta a diferença. É fantástico.


3º passo – Não se cobre excessivamente


Como já mencionei acima, há uma grande tendência, pelos brasileiros, de querer ser perfeccionista, de não cometer erros e também de acertar desde a primeira vez.


Pense comigo: você realmente acha que os WRIGHT BROTHERS conseguiram voar desde a primeira tentativa? Acredita que EINSTEIN chegou a sua fórmula mágica de primeira?


A resposta pode parecer óbvia, mas não é para muitos. Foram várias, várias e várias tentativas, com erros, erros e mais erros. Somente após isso, a perfeição aconteceu.

Portanto, se cobre menos e produza mais.


4º passo – Seja sem vergonha


Calma, essa frase é no sentido literal.


Qual o motivo de ter vergonha de falar em sala de aula se todos que estão na sala contigo também estão em busca do mesmo resultado que você?


Logo, se você errou, tudo certo! Seu colega de sala também errará. E não há nada de errado com isso.


Falar em público, para muitos, é uma dificuldade real. Quebre esse paradigma, se for seu caso. Erre, erre de novo ( já falei isso no passo anterior, mas vale reforçar ).


Seja sem vergonha. Não se preocupe em ficar com as bochechas vermelhas. Tenha certeza de que o melhor lugar para errar é aqui, em sala de aula. O mundo lá fora ( coisa de mãe.. rsrsr ) é cruel.


Logo, ouse, pratique, fale, erre... com isso sua segurança em se comunicar em qualquer idioma certamente vai aumentar. E nem vou comentar sobre auto-estima.


5º passo – Tecnologia a seu favor


Vivemos em uma era onde a tecnologia está presente em praticamente tudo: nossa casa, nosso carro, nossa vida como um todo.


Logo, por que não aproveitar essa onda tecnológica para contribuir ainda mais seus estudos? Aplicativos, vídeos no youtube, blogs com dicas e afins.


Hoje, a informação está nas palmas de nossas mãos, logo, faça disso uma ferramenta útil. Pense: quanto tempo você normalmente gasta "passeando" nas redes sociais? Muito? Para muitos a resposta é ainda mais do que muito.


Minha sugestão é: use, ao menos, 10% deste tempo para dedicar-se a leitura de blogs, assistir vídeos e afins.


Ah, quase esqueço... lembre-se de seguir o passo 1 deste artigo até mesmo na área tecnológica.


6º passo – Tenha um ídolo


Quem, de fato, você admira e “paga pau” quando vê falando outro idioma?


Se você chegou a um nome, ( pode ser um professor, um amigo, um colega de faculdade ou de trabalho ) se espelhe nesta pessoa.


Não estou dizendo para usar as mesmas roupas... e sim para ter essa pessoa como exemplo. Isso não é invejar, é sim se espelhar.


Pense: se ele/ela pode, por que eu não posso?


Nós temos uma tendência natural a seguir pessoas com seus hábitos, gostos e afins. Logo, siga também a “fluência”, a naturalidade como esta pessoa se comunica.


Não há nada errado pensar: Um dia quero ser como ele/ela. Pense assim. Aja assim.


Logo estará perto, igual ou muito melhor. Acredite.


7º passo – Estude.


Gostaria de não precisar escrever sobre isso. Mas eu sei que boa parte dos alunos, acredite, NÃO ESTUDA.


Ações milagrosas, chip de conhecimento na pele ou abdução por extraterrestres ainda não são realidade. Logo, estude.


O contato diário com a língua faz com que você tenha maior facilidade no aprendizado. Sendo assim, leia, ouça, veja vídeos. Abra seu livro e faça os exercícios que os professores propõem.


Sem isso, qualquer um dos passos anteriores não terá valor algum.



Bem, espero que estes passos possam lhe ajudar nos estudos. Isso é válido para quem está pensando em iniciar os estudos de uma nova língua ou, ainda, já está estudando mas se identificou com, pelo menos, um dos passos acima.


Bons estudos e, claro, NUNCA DESISTA DE SEUS OBJETIVOS.

Quer falar um novo idioma? Faça acontecer. Ponto.

74 visualizações

Unidades

Sempre em pontos estratégicos da cidade

Central Atendimento ABC

(11)  4436-3731

Central Atendimento Vitória

(27)  3025-4590

 2019   

Qualify English School

Direitos reservados

Nas redes sociais

  • Facebook Social Icon